2015 | 02

Música | BH é o Texas

mc papo, “BH... é o Texas”, 2013

BH é o Texas
Neves e Betim, Texas
Santa Luzia, Texas
Contagem, Motherfucking Texas

Aqui é roça grande, pistola na cintura
Os cowboy de bege, pilotando viatura
Camisa de futebol, polo da Lacoste
Lupa da Oakley, bonezinho da Lost

É o naipe dos moleque, que não recusa beck
Faz passinho de Miami, curte o movimento black
Fala uai, fala sô, chama qualquer um de zé
É do artigo 33, você sabe qual que é

A pixação aqui é um bagulho sem limite
Tem funk, tem rap, tem skate, tem graffiti
Minas Gerais, eu disse minas de mais
Boteco, bar, sinuca, nossa cara de mais

Festinha no sítio, resenha de patrão
Churrasco, cerveja e mulher de montão
Racha de som, encontro automotivo
Se não tem porque beber, encontra um motivo

BH é o Texas
Neves e Betim, Texas
Santa Luzia, Texas
Contagem, Motherfucking Texas

Máfia Azul, Galoucura… paixão
Surfista de balaio nunca passa do chão
Praça 7, ma-ni-fes-ta-ção
Ultimamente os mineiro tão boladão

Kilos de droga, cabeças de gado
Helicop-téro, condomínio fechado
Disputas de poder e de território
Na favela a bala come, haja velório

Válvula de escape, baile funk ou pagode
O povo dança pra esquecer que todo dia se fode
Maconha no ar, ameniza o sofrimento
De quem rala todo dia pelo seu sustento

Uai é uai, e tudo aqui é trem
Mineiro é desconfiado, vocês sabem bem
É logo ali, vai vendo
Mineiro diz que tá chegando e sai de casa correndo